Buscar
  • Agência Trilha

Fim do Facebook no Brasil? Nãooo!

Ao contrário do que se especula por aí o Facebook não está nem perto de acabar!


Com 130 milhões de usuários, o Brasil é o terceiro país mais ativo no Facebook, perdendo apenas para os EUA e a Índia. Nos resultados do Social Media Trends 2018, 98,8% das empresas afirmaram usar o Facebook para a estratégia de marketing da empresa. Por esses dados podemos observar que a rede ainda é bastante popular entre os usuários e também no meio comercial. Além disso: Qual outra estratégia essas 98,8% marcas adotariam caso acontecesse o fim do Facebook?


Se basearmos as expectativas nos anúncios da plataforma, podemos dizer que não, que ele continua. Isso porque a criação de uma campanha na rede é muito completa, com escolha de sexo, localização (rua, cidade, estado, país), idade, profissão ou ocupação, status de relacionamento, preferências pessoais, data de aniversário e outros. Ou seja, é possível criar uma boa campanha e aumentar muito o alcance das publicações.


Uma outra pergunta, que também escutamos muito, é se vale a pena anunciar no Facebook. Sim! Além dos bilhões de usuários, o Facebook tem benefícios que facilitam a vida de quem vai anunciar. Além da alta segmentação de público, o Facebook Ads ainda conta com um recurso inteligente chamado “lookalike audiences”, e também mostra uma média de quantas pessoas serão alcançadas com cada campanha com base no seu orçamento para ajudar a criar estratégias com mais previsibilidade.


Assim como no Google Ads, é possível veicular campanhas com objetivos comerciais, mas com o atrativo de diversas possibilidades para se aproximar de um público que ainda não conhece a empresa, ou que não está pronto para comprar, trabalhando em outros níveis do funil.


Ainda sobre o fim do Facebook estar próximo ou distante, podemos analisar como seria o Instagram sem ele. Isso porque a rede de destaque pertence ao mesmo dono do Face e todos os seus anúncios, aqueles que são os mais bem feitos, são produzidos dentro do Facebook Ads. Isso mesmo, Facebook e Instagram têm uma forte ligação entre eles que vai além do seu CEO.


Fonte: https://othila.com.br